Polícia ouve amigas de jovem atropelada e morta na zona norte de SP

Jéssica Bueno Rodrigues da Silva, de 22 anos, foi atingida em uma faixa de pedestre na Ponte do Pequeri, zona norte de São Paulo, na madrugada de quarta-feira, 20

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

22 de novembro de 2013 | 17h04

SÃO PAULO - A Polícia Civil ouviu na manhã desta sexta-feira, 22, as duas últimas testemunhas envolvidas no atropelamento de uma pedestre em uma faixa de segurança na Ponte do Pequeri, zona norte de São Paulo, na madrugada de quarta-feira. Ambas são amigas de Jéssica Bueno Rodrigues da Silva, de 22 anos, e faziam parte do grupo de três casais que iria assistir a um show para comemorar o novo emprego da vítima.

De acordo com a polícia, os depoimentos confirmam a versão de que Jéssica atravessava a faixa de segurança quando foi atingida pelo veículo do autônomo Vagner Faria Ferreira, de 28 anos, que se apresentou ao 7º DP (Lapa) na quinta-feira. As duas amigas afirmaram, assim como as outras testemunhas, que motorista passou em seu Fiat Stilo em alta velocidade furando o semáforo fechado e estaria em um racha.

Com seu advogado, o suspeito, que fugiu a pé da cena do crime, foi interrogado pelo delegado titular do 7º DP, Marcel Druziani. Segundo o delegado, Ferreira confessou que estava com a carteira de motorista suspensa por causa de multas - e não vencida - e que dois carros perto dele na Edgar Facó faziam um racha, o que o obrigou a mudar de pista e não permitiu visualizar Jéssica. Também segundo Ferreira, ela atravessava a via fora da faixa de segurança e quando o sinal estava verde para o carros.

Para polícia, o caso está praticamente encerrado. Ainda faltam o exame do Instituto Médico Legal (IML) e as imagens solicitadas à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Depois, o inquérito será encaminhado para análise do Ministério Público Estadual.

Ferreira foi indiciado por homicídio doloso (com intenção), porque estaria participando de um racha, além do crime de omissão de prestação de socorros.

Tudo o que sabemos sobre:
caso jéssicaatropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.