Polícia ouve familiares de executivo da Friboi

Familiares do executivo Humberto de Campos Magalhães, de 43 anos, assassinado na última quinta-feira, foram ouvidos ontem pela polícia. Diretor-executivo do frigorífico Friboi, Magalhães foi baleado na rua de sua residência, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. Dois homens em uma moto abordaram o executivo. Sua carteira foi levada pelos agressores. Os porteiros e funcionários do edifício em que a vítima morava também devem depor hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.