Polícia pode ter prendido integrantes da quadrilha de Andinho

Investigadores da Delegacia Anti-Seqüestros (Deas) de Campinas prenderam nesta quarta-feira de madrugada dois suspeitos de integrarem a quadrilha do seqüestrador Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho.Elvis Aparecido Pontes e Rogério Bovolon foram presos em flagrante em um apartamento no Jardim Bandeirantes, em Sumaré. Os investigadores da Deas encontraram no local uma pistola calibre 40 e um colete à prova de balas.Os policiais chegaram aos suspeitos depois de investigações. Eles obtiveram um mandado de busca junto à 1ª Vara Criminal de Sumaré. Os dois homens têm prisão preventiva decretada, acusados de um assassinato ocorrido no bairro Costa e Silva, em julho do ano passado. Bovolon também é fugitivo da Penitenciária 3, do Complexo de Hortolândia, onde cumpria pena por tentativa de roubo.Pontes já foi julgado por porte ilegal de arma, mas acabou absolvido. A Deas tem informações, por meio de denúncias, de que os dois rapazes integram a quadrilha de Andinho. Os policiais da Delegacia informaram que as denúncias ainda serão investigadas. Os dois suspeitos permanecerão presos em Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.