Polícia prende 13 e liberta seqüestrados em Sorocaba

Depois de uma denúncia anônima, policiais militares e agentes da Delegacia Anti-Seqüestro (DAS) de Sorocaba prenderam nesta segunda-feira 13 seqüestradores e libertaram um casal que era mantido em cativeiro desde a noite de domingo. Um dos bandidos reagiu e foi baleado.Com a quadrilha - 9 homens, 2 mulheres e 2 adolescentes - os policiais apreenderam armas e munições, inclusive uma submetralhadora de fabricação americana, um fuzil de modelo usado pelo Exército, duas espingardas e várias pistolas. O bando tinha também coletes à prova de balas e uniformes semelhantes aos usados pelas Forças Armadas.Além de seqüestros, o grupo atuava também no tráfico de drogas. Um livro-caixa apreendido no local revelou que o bando vendeu cerca de 100 quilos de cocaína no mês de março. O livro registrava as quantidades e os locais de entrega. Uma balança usada para pesar a droga também foi apreendida. Havia também uma cartilha com o passo-a-passo de um seqüestro.O casal seqüestrado era mantido sob vigilância no porão da casa, localizada nas proximidades da Penitenciária Estadual Danilo Pinheiro, na Vila Mineirão, zona norte da cidade. O marido, que pediu para não ter o nome revelado, disse que os bandidos o confundiram com um rico fazendeiro. Ele contou que só descobriram que tinham apanhado a pessoa errada quando encontraram em seu bolso um carnê da prestação do carro com parcelas atrasadas. "Aí foi que me bateram mesmo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.