Polícia prende 15 suspeitos de impedir fechamento das portas de trens no Rio

Operação 'Fecha Porta' teve início nesta manhã e buscava flagrar a ação dos acusados

Priscila Trindade - Central de Notícias,

19 Novembro 2010 | 11h55

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu 15 pessoas suspeitas de impedirem o fechamento das portas dos trens da Supervia, no Rio de Janeiro.

 

Cerca de 20 agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), com apoio de funcionários da Supervia, realizaram a ação denominada "Fecha Porta". A ação teve início às 6 horas da manhã de hoje, na Estação da Penha. Os agentes à paisana foram posicionados em diversas estações para flagrar a ação dos suspeitos.

 

Os presos foram autuados por crime de perigo de desastre ferroviário, com pena prevista de dois a cinco a anos de reclusão.

Mais conteúdo sobre:
Rio trens Polícia Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.