Polícia prende 17 em operação contra tráfico de drogas no RS

Entre os presos estão os chefes das duas ramificações da quadrilha; veículos, armas e drogas foram apreendidas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

12 de fevereiro de 2010 | 11h35

Dezessete pessoas foram presas nesta sexta-feira, 12, durante a Operação Monarca da Polícia Civil em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, por tráfico de drogas. Entre os presos estão os chefes das duas ramificações da quadrilha. Foram apreendidos veículos, armas, objetos roubados e furtados e drogas.

 

A ação teve como objetivo coibir o tráfico de drogas na cidade e região norte do Estado, como também os furtos e roubos de veículos e as extorsões praticadas contra os proprietários de veículos furtados/roubados.

 

Segundo o delegado Adroaldo Schenkel, titular da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Passo Fundo, as investigações iniciaram há seis meses e foram identificados pelo menos 22 veículos furtados e roubados, a maioria com extorsão dos proprietários para a devolução.

 

Ele explica que outro ramo da quadrilha agia no tráfico de drogas, com distribuição em Passo Fundo e Região. Durante o período de investigações, foram flagradas entregas de drogas nas cidades de Lagoa Vermelha, Sananduva, Tapera e Ibirubá.

 

Entre os presos está um homem, de 38 anos, conhecido por Gargamel, responsável pelos furtos, roubos e extorsões de veículos e outro, de 27 anos, vulgo Bob, responsável pela parte do tráfico de drogas.

 

Foram presos preventivamente por envolvimento em tráfico de drogas, além de Bob, outros sete indivíduos e mais quatro mulheres, com idades que variam de 20 a 49 anos. Juntamente com Gargamel, foram presos outros quatro homens, com idade entre 18 e 38 anos, por envolvimento em extorsão, furtos e roubos de veículos.

 

Todos os presos já possuem decreto judicial de prisão preventiva e foram encaminhados ao Presídio Regional de Passo Fundo. De acordo com o delegado, um adolescente também está envolvido, mas já havia sido apreendido há uma semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.