Polícia prende 8 foragidos em operação no Rio

Oito criminosos procurados pela Justiça foram presos nesta sexta-feira durante operação que mobilizou 150 policiais civis na favela do Parque Arará, em Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro. Outras sete pessoas foram detidas para averiguações. Não houve troca de tiros e foram apreendidas 75 trouxinhas de maconha, 650 sacolés de cocaína e munição. O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) Reginaldo Félix, disse que objetivo da ação era cumprir 17 mandados de prisão, expedidos pela 9ª Vara Criminal. O chefe da Polícia Civil do RJ, Álvaro Lins, informou que alguns dos criminosos presos faziam parte da quadrilha que incendiou alguns ônibus e participaram de assaltos e homicídios. Entre os presos está o traficante Willian Rodriguez do Nascimento, o "Uca", de 21 anos. Ele é acusado de ter matado o maestro Armando Prazeres, regente da orquestra Pró-Música, em 1998. Um dos chefes do tráfico na região, Carlos Henrique da Costa, o "Olho de gato", de 23 anos, também foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.