Polícia prende acusado de quebrar braços de professora em Porto Alegre

Estudante de enfermagem de 25 anos foi encaminhado ao Presídio Central e vai responder por homicídio na forma tentada; vítima foi agredida no dia 9 deste mês

Solange Spigliatti - Central de Notícias,

18 Novembro 2010 | 11h51

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira, 17, o estudante, de 25 anos, que agrediu a orientadora pedagógica Jane Antunes, de 57 anos, na escola técnica Factum, em Porto Alegre, no último dia 9. O jovem, aluno do curso de Enfermagem, que se apresentou na 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), foi encaminhado para o Presídio Central.

 

Segundo o Delegado Fernando Soares, que responde pela 1ª Delegacia de Polícia (DP) da capital, a prisão preventiva foi decretada após representação junto ao Poder Judiciário. O jovem foi enquadrado no crime de homicídio na forma tentada, após agredir a orientadora com várias cadeiradas e socos no rosto.

 

Em decorrência da agressão, a professora teve fratura nos dois braços, que foram atingidos no momento em que ela tentou se defender. Mesmo depois que a vítima estava desmaiada, o estudante desferiu socos e chutes, quebrando seis dentes da professora.

 

Ao perceber a chegada de outras duas professoras, o aluno decidiu fugir. Um segurança e o porteiro do prédio ainda tentaram deter o agressor, mas não conseguiram. De acordo com o delegado, o inquérito policial deverá ser encaminhado para a Justiça no prazo de dez dias.

Mais conteúdo sobre:
Porto Alegre Rio Grande do Sul agressão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.