Polícia prende atirador que matou jovem em Viamão, no RS

O rapaz suspeito de ser o autor dos disparos que mataram Jaqueline Costa Subtil, de 19 anos, numa parada de ônibus de Viamão foi preso pela polícia do Rio Grande do Sul na noite de quinta-feira, 26. Ele foi identificado como Daniel Israel de Arruda Rosa, 27 anos, sobrinho do zelador José Erni Nunes da Rosa, 36 anos, mandante do crime, cometido no dia 17 de abril. A investigação concluiu que Daniel desceu de um carro dirigido pelo tio, disparou contra Jaqueline e outras duas pessoas que estavam esperando um ônibus e retornou ao automóvel para fugir. Naquele mesmo dia a polícia cercou José Erni, que resistiu por 16 horas dentro de uma igreja pentecostal e acabou dominado depois de se sentir mal. Daniel passou dez dias escondido em matagais. Segundo a polícia, o assassinato teve motivações passionais. José Erni cortejava Jaqueline e planejou a morte da jovem porque era rejeitado. Tio e sobrinho serão indiciados por homicídio qualificado.

Agencia Estado,

27 Abril 2007 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.