Ellen Dick/Polícia Civil/Divulgação
Ellen Dick/Polícia Civil/Divulgação

Polícia prende bandido que tomava Toddynho antes de assaltos no RS

Homem foi apelidado pelas vítimas com o nome do achocolatado, pois o bebia em lojas de conveniência de postos antes dos crimes

Luciano Nagel, Especial para o Estado

13 Novembro 2015 | 10h56

PORTO ALEGRE - A Polícia Civil de Porto Alegre prendeu, na manhã desta sexta-feira, 13, um homem de 37 anos, suspeito de assaltar postos de conveniência na capital. O fato mais bizarro no caso, segundo o delegado responsável pela prisão, é que o ladrão assaltava sempre os mesmos dois postos de combustíveis, na zona sul de Porto Alegre. E o detalhe: antes de realizar o crime, tomava um achocolatado no interior da loja de conveniência, revelou o titular da 20ª Delegacia de Polícia (Cristal), delegado Carlos Wendt.

A prisão foi preventiva e ocorreu no bairro Cristal, local onde realizava os assaltos. Conforme investigação policial, o ladrão, apelidado pelas vítimas de "Toddynho", tem uma extensa ficha criminal, em sua maioria, ocorrências de roubos.

Ainda de acordo com o delegado Wendt, o rapaz já esteve detido no Presídio Central. "Em um período de 30 dias, o rapaz realizou pelo menos 15 assaltos (entre tentados e consumados). A arma utilizada no crime, um revólver calibre .38 não foi localizado pelos policiais. 

Mais conteúdo sobre:
PORTO ALEGRECristal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.