Polícia prende dois supostos integrantes do PCC em Aracaju

Eles vinham sendo monitorados há tres meses e foram detidos quando se preparavam para assaltar um banco

Antonio Carlos Garcia, especial para O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2008 | 15h08

A divisão de inteligência da Polícia Civil de Sergipe prendeu nesta quarta-feira, 28, Wellington Brandão de Aragão e Roberto Esteves dos Reis, apontados como integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) que estariam agindo no Estado nos últimos três meses. Os dois estavam se preparando para assaltar uma agência bancária em Aracaju quando foram presos. Eles vinham sendo monitorados pela polícia há três meses através de escutas telefônicas. Uma terceira pessoa também foi presa, mas a polícia ainda não divulgou o nome. Ela está sendo ouvida neste momento. Nas ligações telefônicas entre os bandidos, eles chegaram a dizer que pretendiam implantar o estatuto do PCC, pois consideravam o crime no Estado "muito desorganizado".

Tudo o que sabemos sobre:
PCCAracajupolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.