Polícia prende em Alagoas o traficante Saulo da Rocinha

Saulo de Sá Silva, o Saulo da Rocinha, de 32 anos, foi preso em Maragogi, no litoral norte de Alagoas

Alberto Komatsu e Felipe Werneck,

20 de janeiro de 2008 | 22h18

O traficante Saulo de Sá Silva, o Saulo da Rocinha, de 32 anos, foi preso na manhã deste domingo, 20, em Maragogi, no litoral norte de Alagoas, perto da divisa com Pernambuco. O balneário fica a 125 quilômetros de Maceió e do Recife. Ele estava foragido desde dezembro de 2005, quando fugiu da carceragem da Polinter no Grajaú, zona norte do Rio. Policiais do Rio e de Alagoas participaram da operação. Ex-carteiro, o criminoso estaria de sunga quando foi abordado, acompanhado de três suspeitos. Saulo, também conhecido como "Barão do Pó", foi acusado de fornecer drogas para favelas do Rio, entre elas a da Rocinha, e de manter um laboratório para refino de pasta-base de cocaína trazida da Bolívia. Segundo a Polícia Civil de Alagoas, a página da mulher de Saulo no site de relacionamentos Orkut exibia fotos dos dois em viagens a praias famosas do País e do criminoso usando peruca e óculos de lentes rosas, dentro de uma banheira de espuma. Investigado pela 37.ª Delegacia de Polícia (DP), na Ilha do Governador, zona norte do Rio, o traficante é apontado pela Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos como um dos principais fornecedores de armas e munições do Rio. Ele e outros 13 presos fugiram da carceragem da Polinter em 21 de dezembro de 2005. Era aliado do traficante Erismar Rodrigues Moreira, o Bem-Te-Vi, ex-chefe do tráfico de drogas na favela, morto pela polícia em 2005. As Secretarias da Segurança do Rio e de Alagoas negociavam ontem a transferência do traficante para o Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
TRÁFICO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.