Polícia prende estuprador da zona sul

Preso às 16 horas de ontem, nos arredores de uma escola pública na Saúde, zona sul de São Paulo, Jefferson Eduardo de Oliveira Gaudino, de 29 anos, foi reconhecido por uma estudante menor de idade, levada até lá por policiais civis, como o homem que a havia estuprado no dia anterior. Ele estava cumprindo pena de 13 anos e 6 meses por roubo e receptação em regime semi-aberto. Segundo a estudante, ele disse que tinha uma faca e a obrigou a entrar em seu Fusca, por volta das 17h30 de terça-feira. O estupro teria ocorrido em uma transversal da Avenida Miguel Estéfano. Ela foi abandonada na região e ligou para o pai, que procurou a polícia. A garota disse que Gaudino ainda levou R$ 10 e um tocador digital de música. O laudo do Instituto Médico-Legal (IML) sobre o exame de corpo de delito sai nos próximos dias. O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, onde Jefferson está detido, procura outras mulheres que possam ter sido alvo do acusado. Ele negou o crime.RECONHECIDOA polícia divulgou ontem que prendeu, no dia 18 de julho, Silvano Leão Cavalcante, de 28 anos, acusado de cinco estupros entre os dias 3 e 17. Os crimes foram cometidos dois meses após ele ter ficado nove anos na cadeia por ter roubado e abusado sexualmente de uma mulher. A maioria das vítimas foi surpreendida perto da Avenida Santo Amaro e levada para o Parque Guarapiranga, zona sul. Ele foi reconhecido por duas vítimas e confirmou mais três estupros.

Arthur Guimarães e José Dacauaziliquá, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2002 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.