Polícia prende falsificador de documentos em SP

Policiais militares da 3ª Companhia do 19º Batalhão detiveram, por volta das 22h30 de ontem, o desempregado Antonio Pereira da Cunha, de 33 anos, acusado de falsificação de documentos. O rapaz foi detido na Avenida Sapopemba junto ao Largo de São Mateus, na zona Leste da capital, quando fugia de um grupo de crianças. Uma delas, uma menina de 11 anos, que foi assediada por Cunha quando vendia balas próximo ao Largo. Outras 5 crianças correram na direção do acusado, que fugiu pela avenida e acabou encontrando policiais militares que possuem uma base operacional no Largo e ouviram os gritos das crianças.Com o desempregado a polícia apreendeu vários documentos falsos, como: carteiras de trabalho, formulários do seguro-desemprego, diplomas, carimbos da Receita Federal e recibos do F.G.T.S. Parte do material estava em posse de Antonio e outra parte na casa dele, no município de Santo André, no grande ABC paulista.O delegado do 69º Distrito Policial, de Teotônio Vilela, não quis falar sobre o caso, mas, segundo o sargento Elias, da PM, um dos quais detiveram o estelionatário, Antonio usava estes documentos para conseguir empregos. Quando foi detido, o desempregado estava bêbado. Ele acabou indiciado por falsificação de documentos, falsidade ideológica, uso de documentos falsos e corrupção de menores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.