Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Polícia prende integrante do PCC no Paraná

A polícia do Paraná apresentou hoje o foragido da penitenciária de Hortolândia (SP), Marcelo Amorim Cardoso, de 29 anos, integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC). Cardoso é acusado por vários crime de roubo. Também foram presos Denize Barbosa dos Santos, 27 anos, Andréia Fernandes Pinto, 24 anos, e Marcelo Claudino da Cruz, idade não fornecida.Cardoso confirmou ser integrante do PCC, mas negou que tivesse ido ao Paraná para resgatar os presos Misael Aparecido da Silva e Cesar Augusto Roriz Silva, que estão na penitenciária central do Estado, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, como a polícia afirmou. "Estão querendo complicar eu e meus companheiros", disse. "A casa caiu, sem problemas."Eles foram presos em Matinhos, no litoral do Paraná, com um fuzil calibre 7.62, uma pistola 380 milímetros e uma 9mm, além de grande quantidade de munição. Nas investigações, a polícia descobriu com eles cópias dos estatutos do PCC e do Primeiro Comando do Paraná (PCP) e uma fita de vídeo que, há cerca de um mês, foi enviada a vários órgãos de imprensa, em que Cardoso faz apologia do PCC e mostra seus armamentos.O grupo que estava no Paraná era formado por sete pessoas, mas três conseguiram fugir. Segundo a polícia, Cardoso, com os comparsas foragidos, fizeram um assalto e roubaram dois automóveis, os quais seriam usados para o resgate dos presos.

Agencia Estado,

22 de maio de 2001 | 21h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.