Polícia prende ladrões de equipamentos de informática

Três integrantes de uma quadrilha especializada em furtos a escritórios e casas lotéricas foram presos nesta quinta-feira, 26, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A polícia apreendeu nas residências dos envolvidos 25 CPUs, seis monitores, quatro palm tops, uma TV de plasma de 42 polegadas um forno de microondas e ferramentas para arrombamento.Os crimes foram praticados na zona sul de São Paulo e também nos municípios de São Caetano do Sul, São Bernardo e Diadema, no ABC.Os irmãos João Evangelista Martins, de 30 anos, e Paulo César Martins, de 28, saíram há cerca de 5 meses da cadeia, onde cumpriam pena por furtos. A polícia tinha mandados de busca e apreensão tanto para a casa deles quanto para a lanchonete da família, ambas no bairro do Campanário, em Diadema.Além de alguns objetos roubados, foram apanhados com eles alicates de pressão, pés-de-cabra e luzes à base de baterias, que eles utilizavam para arrombar e iluminar os locais, já que sempre agiam à noite.Eles indicaram a casa do receptador Paulo César Magalhães Franchini, de 38 anos, no Jardim Bristol, zona sul da capital. Lá estava o restante dos equipamentos furtados. Ele contou aos policiais que foi proprietário de uma loja de equipamentos de informática, mas faliu. Depois disso começou a comprar equipamentos furtados que, posteriormente, anunciava e comercializava a preços mais acessíveis.Coordenados pelo delegado Paul Henry Verduraz, 15 agentes da SIG participaram das investigações, que duraram pouco mais de um mês, e o material furtado já foi reconhecido por sete vítimas. "Certamente há outras vítimas desse bando, inclusive algumas cujos equipamentos já foram comercializados pelo receptador. Vamos continuar as diligências e temos certeza de que vamos encontrar, ainda, outros produtos de furto", afirmou o delegado. Os presos apontaram mais dois integrantes da quadrilha, que ainda não foram localizados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.