Polícia prende médicos envolvidos na 'Máfia dos Órgãos'

Após mandados de prisão serem expedidos pela Justiça, Celso Scafi e Cláudio Fernandes foram localizados em suas casas

Rene Moreira, Especial para o Estado

07 Fevereiro 2014 | 11h28

FRANCA - Acusados de remover órgãos e tecidos de forma irregular de pacientes, dois médicos foram presos na noite desta quinta-feira (6) em Poços de Caldas (MG). Suspeitos de pertencerem à chamada "Máfia dos Órgãos", Celso Roberto Scafi e Cláudio Rogério Carneiro Fernandes foram localizados em suas casas e mandados para o presídio.

Eles foram julgados no ano passado remoção e tráfico de órgãos de Paulo Veronesi Pavesi, de 10 anos. O advogado que os defende já declarou que ingressará com um pedido de habeas corpus ainda nesta sexta-feira, 7. Já o pai do menino, que mora na Europa, acaba de lançar um livro denunciando todo o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.