Polícia prende motoqueiro acusado de atacar mulheres

Foi preso na terça-feira em sua casa, em Diadema, no Grande ABC, Rodrigo Matos de Almeida, de 29 anos, acusado de ter atacado pelo menos cinco mulheres na cidade vizinha de São Bernardo do Campo. Segundo a polícia, o criminoso utilizava uma moto para abordar as vítimas. A última vítima de Rodrigo foi L.F.T., de 23 anos, que gritou e conseguiu escapar. Vizinhos da jovem ouviram os gritos e Rodrigo teve de fugir, mas a placa da moto foi anotada e a polícia acionada. Ele foi encaminhado ao 3º Distrito Policial de São Bernardo e autuado em flagrante.Quando foi preso em casa, Rodrigo estava ao lado da esposa, grávida, e de um menino, seu filho. Com ele foram apreendidos nove aparelhos celulares, munição e outros objetos. Quando tentou agarrar L.F.T., Rodrigo usava capacete. Mas, na delegacia, ela reconheceu a moto e a roupa que ele usava no momento. A descrição do crime chamou a atenção da polícia para outros casos. Há pelo menos dois meses a PM vinha recebendo chamados semelhantes - sete boletins de ocorrência foram registrados. As mulheres eram abordadas por um homem que estava em uma moto. Ele mostrava um revólver dentro de uma pochete e as obrigava a tirar a roupa e, em um dos casos, a fazer sexo com ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.