Polícia prende quadrilha de ladrões de chácaras

Quatro integrantes de uma quadrilha de ladrões de chácaras que agia na região de Sorocaba foram presos na noite de ontem, depois de trocar tiros com policiais, no município de Salto. Um quinto ladrão foi morto e outros dois que integravam o bando conseguiram escapar. Eles tinham acabado de assaltar a chácara de Silvana Maria Ricardi Junqueira Caldas, de 57 anos, na Estrada de Sete Quedas, zona rural do município, e tentavam chegar à Rodovia Santos Dumont (SP-79), que liga Salto a Campinas. Um dos moradores da chácara, José Aílton Neves, de 28 anos, conseguiu avisar a polícia. O bando foi interceptado e reagiu a tiros. Os ladrões estavam bem armados. Eles abandonaram o carro em que estavam, uma Parati, e entraram em um canavial. Edivaldo Ferreira, de 28 anos, foi morto no tiroteio. Os policiais conseguiram prender Erison Rodrigues Guedes, de 21 anos, Alexandre Fernando Peixoto Shirashi, de 19, Admilson Rosa, de 22, e Fábio Rogério de Souza Bueno, o "Fabinho", de 23. "Fabinho", que cumpria pena por roubos e é acusado de latrocínio, fugiu há cerca de um mês da cadeia de Itu. Os policiais apreenderam com os assaltantes R$ 1,8 mil em dinheiro, uma pistola 357, um revólver calibre 38, uma garrucha calibre 44 e uma escopeta calibre 12. A Polícia Militar usou um helicóptero para ajudar na captura dos ladrões. Os dois integrantes do bando que furaram o cerco não tinham sido localizados até o final desta tarde. A polícia acredita que o grupo praticou dezenas de assaltos na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.