Polícia prende quadrilha que usava crianças para vender drogas no RS

Uma das chefes do grupo, que atuava em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, é mãe de um bebê de 15 dias

Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

01 Abril 2011 | 15h41

PORTO ALEGRE - A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu, nesta sexta-feira, 1, 12 integrantes de uma quadrilha que usava crianças como auxiliares para ocultar e entregar drogas em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

A organização tinha dois subgrupos comandados por mulheres. Uma das chefes é mãe de um bebê de 15 dias. O Conselho Tutelar também vai acompanhar outras duas crianças, de seis e de 13 anos. Os três menores ficarão sob os cuidados de familiares ou, na falta deles, em abrigos públicos.

 

Outra operação da Polícia Civil, também deflagrada nesta sexta-feira, prendeu seis pessoas vinculadas a um esquema de venda de drogas pelo sistema de tele-entrega, em Gravataí. O líder do grupo cumpria pena por porte ilegal de arma em regime aberto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.