Polícia prende suposto sócio de Beira-Mar

A polícia do Rio de Janeiro prendeu ontem o traficante Wilson Carlos Weirich, o Russo Beira-Mar, de 39 anos, suspeito de ser sócio do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Segundo os policiais da 15ª Delegacia Policial (Gávea), Weirich estava sendo investigado havia seis meses por trazer drogas do Paraguai e distribuí-las em diversas favelas da cidade, como Rocinha, Vidigal (ambas na zona Sul), Manguinhos, zona Norte, entre outras. Weirich, que já tinha sido preso por tráfico, estava em uma Kombi, em Copacabana, zona Sul, quando foi interceptado pela polícia. Ele seguia para a favela do Vidigal, em São Conrado, onde, em julho, sete mil bolinhas de haxixe e cinco quilos de maconha foram encontrados escondidos em uma Kombi. Segundo o investigador Luis Macedo, a droga era de Weirich e estaria pronta para distribuição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.