Polícia prende suspeita de ter jogado filha em churrasqueira

Policiais da Delegacia de Santo Estevão localizaram e prenderam na tarde de hoje Marlene Oliveira, de 20 anos suspeita de ter jogado a própria filha de dois dias de nascida numa churrasqueira no centro de abastecimento do município. Marlene mora com os pais num bairro afastado do centro de Santo Estevão e, embora tenha negado envolvimento no caso, seus familiares confirmaram ao delegado Madson Sampaio que ela estava grávida e sumiu recentemente de casa por oito dias.A polícia suspeita que ela tenha dado a luz no Hospital da Mulher na vizinha cidade de Feira de Santana e como é mãe solteira decidiu se livrar do bebê deixando-o numa churrasqueira. O delegado pretende agora convocar médicos e enfermeiros do Hospital da Mulher para ver se eles identificam Marlene. O bebê, que não corre mais risco de morte, foi transferido do Hospital de Santo Estevão para o Clériston Andrade de Feira de Santana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.