Divulgação
Divulgação

Polícia prende suspeito de atirar contra ex-vocalista do Cidade Negra

Detido precisa ser reconhecido por testemunhas; após cirurgia, Ras Bernardo não corre risco de morte

Priscila Trindade, do estadão.com.br, atualizado às 20h50

02 Fevereiro 2012 | 20h10

SÃO PAULO - Um suspeito de atirar no ex-vocalista do grupo Cidade Negra, Sebastião Francisco Bernardo, de 49 anos, conhecido como Ras Bernardo, foi detido nesta quinta-feira, 2. O suspeito será levado para a delegacia da região para passar por reconhecimento de testemunhas.

A vítima foi seguida por uma estrada de terra, no bairro Cerâmica, quando foi atingido no abdômen por vários tiros disparados, na noite de quarta-feira, 1º, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele foi submetido a uma cirurgia no Hospital Geral e não corre risco de morte. O caso está sendo investigado.

Está praticamente descartada a hipótese de tentativa de assalto. Policiais suspeitam que o músico tenha sido alvo de vingança, por motivo ainda desconhecido. Ras tinha shows agendados para os próximos dias em São Paulo e no Nordeste. Eles devem ser adiados. / COM FÁBIO GRELLET

Mais conteúdo sobre:
Cidade NegrapresoRas Bernardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.