Polícia prende suspeito de matar 11 pessoas no Paraná

Paulo Monteiro teria como função cobrar dívidas de viciados em crack da Região Sul

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

30 de dezembro de 2009 | 09h08

Paulo Monteiro, de 32 anos, acusado de ter cometido cerca de 11 homicídios nos últimos 60 dias em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, foi preso na última segunda-feira, 28, no bairro Rio Pequeno.

 

Ele era procurado pela polícia dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Além dos homicídios, ele também é acusado de roubos e ligação com o tráfico de drogas.

 

Ele é suspeito de ter executado quatro pessoas, todas dependentes de crack, e outras sete mortes atribuídas a Monteiro estão sendo investigadas. De acordo com o delegado-chefe de São José dos Pinhais, Osmar Dechiche, Monteiro praticou vários roubos e se associou ao tráfico de drogas, tendo como função cobrar as dívidas dos dependentes químicos.

 

Com Monteiro foram apreendidos dois revólveres calibre 38 com numeração lixada, uma carteira de identidade falsa e o veículo BMW onde estava no momento da abordagem, roubado no último dia 26, no bairro Portão, em Curitiba.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeParanácrackdrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.