Polícia prende suspeito de matar ex-modelo a facadas no Rio

Suspeito, que teria confessado o crime, está internado e tem doença pulmonar

Priscila Trindade, Central de Notícias

10 de maio de 2011 | 13h58

SÃO PAULO - Policiais da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro prenderam um homem suspeito de matar a facadas a ex-modelo Pia Nascimento, no dia 19 de fevereiro do ano passado.

Joeliton Santos da Costa, 25 anos, foi localizado no dia 6 de abril deste ano, no Hospital Souza Aguiar, com doença pulmonar. A Polícia Civil afirma que ele confessou o crime.

Os agentes chegaram ao suspeito após rastrear os pertences roubados na casa da vítima. Os investigadores descobriram onde mora a mãe de Joeliton. Ela revelou que o filho estava internado em um hospital.

Joeliton, que é morador de rua e viciado em crack, contou que invadiu a casa da vítima, no bairro da Urca, zona sul do Rio, para furtar objetos. Assim que percebeu que havia alguém na casa, ele tentou se esconder no armário.

Após ser descoberto pela vítima, ele pegou uma faca e desferiu vários golpes contra a ex-modelo, que não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo dela foi encontrado coberto com um lençol.

O suspeito foi transferido para o Hospital Rafael de Paula Souza, em Jacarepaguá, zona oeste da cidade, para continuar o tratamento. Assim que receber alta, ele será levado para uma carceragem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.