Polícia prende suspeito de matar ex-prefeito no interior do Rio

Daniel Aleixo Guimarães foi detido nesta manhã; Rogério Bianchini, ex-prefeito de Macuco, levou cinco tiros em abril

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

10 Setembro 2015 | 20h14

RIO - Policiais da Divisão de Homicídios de Niterói prenderam na manhã desta quinta-feira, 10, Daniel Aleixo Guimarães, suspeito de matar em abril Rogério Bianchini, ex-prefeito de Macuco, na Região Serrana. Os policiais também revistaram o gabinete do vereador Daniel Borges (PSC), que havia contratado Guimarães para trabalhar como seu assessor. Guimarães foi demitido depois do crime.

Câmeras de segurança registraram o momento em que o ex-prefeito foi assassinado, na porta de casa, em 30 de abril, por dois homens que aguardavam em um carro. Momentos depois, o veículo passa pelo pedágio. Segundo a polícia, Guimarães está ao volante e paga a tarifa. Ele foi preso na casa da mãe, em São Gonçalo. Não reagiu. 

A polícia procura ainda o homem que fez os disparos contra o ex-prefeito. Bianchini levou cinco tiros. Socorrido, morreu no hospital. Ele foi eleito em 2004 e reeleito em 2008.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.