Polícia prende suspeito de morte de professora da PUC no Paraná

Telma Fontoura, de 53, é sobrinha do ator Ary Fontoura foi encontrada morta na segunda, 12, em Pontal do Paraná. litoral do Estado; preso nega participação na morte

Evandro Fadel. de O Estado de S. Paulo

14 de julho de 2010 | 10h01

SÃO PAULO - Policiais da Delegacia de Pontal do Paraná, no litoral do Estado, prenderam na noite de terça-feira, 13, Paulo Estevão de Lima, de 43 anos, suspeito da morte da psicóloga e professora Telma Fontoura, de 53, sobrinha do ator Ary Fontoura.

 

Veja também

linkInvestigação suspende cremação de corpo de professora

 

Telma foi encontrada morta na segunda-feira, 12, no Balneário de Shangri-lá, sepultada em uma cova na areia da praia. Ela estava desaparecida desde a tarde de domingo, 11.

 

Segundo a polícia, Lima é natural de Curitiba e mora no balneário há sete meses. Ele tem passagem pela polícia por roubo. O preso nega qualquer participação no crime da professora.

Tudo o que sabemos sobre:
ParanáPUC-PRPontalTelma Fontoura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.