Polícia prende suspeitos de fraudarem o INSS

A polícia prendeu uma quadrilha de estelionatários suspeitos de fraudes contra o INSS que agia na região do ABC paulista. Por volta das 23h30 de ontem, policiais militares foram chamados para a Vila Suíça, em Ribeirão Pires, onde encontraram duas pessoas que tinham escoriações e reclamaram que foram agredidas e roubadas. Quando as vítimas levaram os policiais até os acusados, eles apuraram que a agressão ocorreu porque as vítimas não teriam repassado para os agressores metade do dinheiro obtido com a retirada de parcelas do seguro desemprego. Todos foram levados pela polícia para a Delegacia de Ribeirão Pires, onde um boletim de ocorrência foi elaborado e os envolvidos, num total de sete pessoas, foram liberados.O delegado titular da cidade, Roberto Borges dos Santos, instaurou hoje um inquérito para apurar crime contra a seguridade social porque foram encontrados com os suspeitos guias para recebimento do seguro desemprego e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), carteiras de trabalho, disquetes e carimbos. "Existe a suspeita de que alguns deles mantinham uma falsa empresa e recebiam o dinheiro no lugar de trabalhadores contratados", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.