Google Street View
Google Street View

Polícia prende suspeitos por ataques no Ceará

Um dos detidos já respondia por organização criminosa e porte ilegal de arma

Lauriberto Braga, O Estado de S.Paulo

29 Julho 2018 | 17h39

FORTALEZA  - A polícia prendeu três pessoas suspeitas de terem participado dos ataques orquestrados a pelo menos 15 ônibus e 13 prédios nas cidades cearenses de Fortaleza, Caucaia, Chorozinho, Itaitinga e Horizonte, que aconteceram entre sexta, 27, e sábado, 28. Foram detidos Gean Patrick Aguiar Lima, de 19 anos, Pedro Henrique de Sousa, de 27 anos, e Oderson dos Anjos Oliveira, de 19. Um deles, Lima, já respondia por organização criminosa e porte ilegal de arma.

A principal suspeita é que os atentados foram uma represália à morte de três assaltantes de bancos, na quinta, 26, em Amontada, norte do Ceará. Foram atacados prédios de agências bancárias da Caixa e Itaú, além dos Correios, Departamento Estadual de Trânsito, entre outros. Uma viatura da perícia forense do Ceará também foi incendiada.

 

Mais conteúdo sobre:
Ceará [estado]ônibusincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.