Polícia prende traficante israelense em São Paulo

Sob acusação de tráfico internacional, foram presos, em um luxuoso hotel na região dos Jardins, o israelense Ilan Elimelech, de 35 anos, e os brasileiros André Luís Batista Costa, de 29, e Kelita Ferreira de Araújo Batista Costa, de 25. Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, da Polícia Federal, os surpreenderam, no final da tarde de terça-feira,com 99 comprimidos de ectsasy, 16 bastões de skank e a quantia de US$ 36 mil.Integrante de uma organização israelense especializada em tráfico internacional de drogas, Ilan era procurado pela Interpol e por polícias de Israel, dos EUA, da Tailândia, do Japão e de vários países europeus. Segundo a PF, ele traz para o Brasil ecstasy - que é muito consumido em boates, casas noturnas e espaços dedicados a shows de música jovem - e skank, cuja composição éde quase 100% do princípio ativo da maconha. O dinheiro arrecadado com a venda dessas drogas era utilizado para a compra de cocaína que ele enviava, através de "mulas", para outros países.André Luiz e Kelita alegaram serem apenas contratados como motorista e acompanhante pelo israelense, mas, à noite, no apartamento deles, no bairro do Brooklin, os agentes federais apreenderam mais 20 quilos de cocaína acondicionada em 18 tabletes. Cada um dos três pode pegar pena de até 15 anos de reclusão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.