Polícia prende trio acusado de assaltos em série

Três homens foram presos após uma série de assaltos na zona Sul de São Paulo e em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Uma das vítimas, a analista de suporte técnico Juliana Barbosa da Silva, de 24 anos, escapou dos bandidos jogando-se do veículo em movimento. A primeira vítima dos bandidos, Maria Neuma Batista Nogueira, de 52 anos, diretora de escola, foi atacada no Jardim Mírian, na zona Sul, por volta das 22h da noite de ontem. Os assaltantes levaram o veículo da diretora, uma Parati, e seguiram pela rodovia dos Imigrantes em direção ao município São Bernardo do Campo. No quilômetro 26, os ladrões entraram no bairro Jardim Represa, onde tentaram abordar a motorista de um Fiat Tipo, batendo na traseira do veículo. Mas a artista plástica Maria Cristina Fiorilo, de 33 anos, conseguiu se desvencilhar dos assaltantes e procurar ajuda de policiais militares.Enquanto isso, no mesmo bairro, os bandidos atacaram a analista de suporte Juliana, que chegava na casa do namorado, na altura do nº 10.500 da Estrada Galvão Bueno, em seu Corsa cinza. Os ladrões abandonaram a Parati e entraram no Corsa, retornando pela rodovia dos Imigrantes, levando a proprietária como refém. No entanto, Juliana percebeu uma viatura de policiais rodoviários, que atendiam a proprietária do Fiat Tipo. Num gesto desesperado, a analista abriu a porta do Corsa e se jogou próximo aos policiais, surpreendendo os bandidos, que fugiram em direção ao litoral.Acionadas pelo rádio, outras viaturas da 1ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Rodoviária passaram a perseguir o Corsa. Os assaltantes desceram pela Imigrantes, pegaram a interligação e retornaram pela rodovia Anchieta em direção a São Paulo. No quilômetro 25, o assaltante que dirigia perdeu o controle e o veículo bateu contra a defensa da pista. Foram presos Marcos Paulo Soares da Silva,de 19 anos, João Luiz Fernandes, de 25, e Alan Delon da Silva Souza, de 24, que era procurado pela Justiça. Os três foram encaminhados ao 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo e autuados em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.