Polícia prende trio suspeito de matar sargento da PM em SP

Policiais militares detiveram, na terça-feira, 26, três homens acusados de serem os responsáveis pelo assassinato de um sargento da Polícia Militar à paisana na noite do último dia 9. Dois dos acusados foram detidos no decorrer de terça-feira e o terceiro, no final da noite, em frente a um campo de futebol, no bairro da Penha, zona leste da capital. Os nomes dos suspeitos e detalhes sobre a prisão não foram fornecidos pela polícia até o momento. Dois dos detidos seguem presos na carceragem do 77º Distrito Policial, de Santa Cecília. O terceiro prestava depoimento às 2h da madrugada desta quarta-feira no 31º Distrito Policial, de Vila Carrão. Crime O sargento Marcos de Barbosa de Souza, que trabalhava no 29º Batalhão da Polícia Militar, da região de Itaquera, na zona leste da cidade, foi morto às 23h do dia 09. Souza estava acompanhado de sua filha de 16 anos. O crime aconteceu na Avenida Governador Carvalho Pinto, ao lado do córrego Tiquatira, no bairro do Cangaíba, região da Penha. Pai e filha foram cercados na esquina com a Avenida Tarumã por três outros motociclistas. Ao perceberem que Marcos estava armado, os criminosos balearam o policial na cabeça e fugiram sem levar nada. Pai e filha foram encaminhados ao pronto-socorro de Vila Maria, onde Souza já chegou morto. Apesar de não ter sido ferida, a garota ficou internada por algumas horas por estar em estado de choque.

Agencia Estado,

28 Fevereiro 2007 | 05h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.