Polícia procura por segundo acusado de matar menina em SP

Policiais civis do 85º Distrito Policial ainda não encontraram o segundo acusado pelo assassinato de F.M.S., de 7 anos, morta, na manhã de terça-feria, dentro de sua própria casa, no Jardim São Bernardo, região do Grajaú, na zona Sul da capital paulista. O vizinho da menina, um homem de 34 anos, foi preso minutos após o crime por policiais militares do 27º Batalhão, acionados pela tia da menina, que viu a dupla deixando a casa quando chegava à residência, onde iria tomar conta da criança.Os pais de F.M.S. não estavam em casa na hora em que a garota foi vítima ataque sozinha por alguns minutos, tempo suficiente para os criminosos entrarem na casa. Não se sabe se a dupla tinha a intenção de roubar algo, mas a menina foi morta a facadas no pescoço e teria sofrido abuso sexual. No momento em que foi detido, o vizinho da menina estava ao lado de outro homem, mas apenas ele foi reconhecido pela tia da vítima e confessou o crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.