Polícia procura vítimas de chacina de 1990

A Delegacia de Homicídios da Baixada inicia amanhã novas escavações na tentativa de encontrar pistas dos corpos das 11 vítimas da Chacina de Acari, ocorrida há 11 anos. A busca será realizada em um terreno em Piabetá, na Baixada Fluminense. Segundo o delegado Antônio Silvino, há dois anos foram feitas escavações em um terreno que fica a 300 metros deste novo local, mas as investigações não tiveram sucesso.A área onde será realizada a investigação fica em uma antiga fazenda que pertencia a um policial conhecido como Peninha, um dos integrantes da quadrilha que teria seqüestrado os jovens de Acari. A fazenda está abandonada há anos, e já foi desapropriada pelo Estado.De acordo com o delegado, as escavações serão feitas numa parte do terreno que tem uma forte depressão. "Pedimos o parecer de um engenheiro que constatou que a depressão não é natural", explicou. Além disso, acrescentou Silvino, o lugar fica a um quilômetro e meio onde foi encontrada a kombi usada para seqüestrar as vítimas. Silvino acredita que em dois ou três dias será possível dizer se o trabalho vai acrescentar novos dados à investigação.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2001 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.