Polícia realiza buscas por corpo de Eliza Samudio em lago de Belo Horizonte

'Estamos trabalhando com possibilidades', disse o delegado responsável pelo caso; audiências na Justiça continuam

Luciana Fadon Vicente - Central de Notícias,

03 Novembro 2010 | 11h23

SÃO PAULO - A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros realizam desde as 8h30 da manhã desta quarta-feira, 3, buscas pelo corpo de Eliza Samudio no Parque da Lagoa do Nado, região norte de Belo Horizonte.

 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Edson Moreira, as buscas no local acontecem depois de um estudo de inteligência realizado pela polícia, que apontou o parque como possível local de desova do corpo. "Estamos trabalhando com possibilidades", disse Moreira por telefone, que acompanha as buscas no local. De acordo com ele, o trabalho pode durar dias.

 

Eliza desapareceu no início de junho deste ano. O ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, e outras sete pessoas são réus no processo que investiga o desaparecimento e a morte da ex-modelo, que teve um relacionamento com o atleta e afirmava ter um filho dele.

 

Audiências. A Justiça de Minas Gerais ouve hoje mais 15 testemunhas de defesa no caso. O goleiro Bruno e mais oito réus estão assistindo a audiência que teve início às 11h desta manhã no fórum em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 

Bruno, Luiz Henrique Romão - o Macarrão -, Marcos Aparecido dos Santos - o Bola -, Elenilson Vitor da Silva, Flávio Caetano e Wemerson Marques foram os primeiros a chegar, seguidos de Sérgio Rosa Sales, Fernanda Gomes de Castro - namorada de Bruno - e Dayanne de Souza - ex-mulher do goleiro.

 

Atualizado às 14h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.