Polícia realiza nova perícia em parque onde adolescente morreu no Rio

Adolescente de 17 anos morreu após ser atingida por um carrinho que se soltou de um brinquedo

Priscila Trindade, estadão.com.br

15 Agosto 2011 | 10h50

SÃO PAULO - A Polícia Civil realiza a partir nesta segunda-feira, 15, uma nova perícia no parque de diversões em Vargem Grande, na zona oeste do Rio, onde uma adolescente de 17 anos morreu no domingo. A delegada titular da 42ª DP, Adriana Belém, vai acompanhar os trabalhos.

 

Alessandra Aguilar, de 17 anos, morreu após ser atingida pelo carrinho que se soltou de um brinquedo no parque de diversões Glória Center, que funcionava há duas semanas na Estrada dos Bandeirantes. Outras oito pessoas ficaram feridas, duas em estado grave. O acidente ocorreu com o brinquedo Tufão" (carrinhos que rodam e ficam suspensos no ar).

 

Cerca de duas mil pessoas participavam de uma festa agostina no parque de diversões. Por volta de 2h30, um dos carrinhos se soltou, foi lançado a cerca de 15 metros e atingiu a bilheteria, onde Alessandra estava.

 

O carrinho estaria com seis pessoas, mas teria capacidade para somente quatro. Outras oito pessoas ficaram feridas. Segundo a secretaria municipal de Saúde, dois adolescentes sofreram traumatismo craniano: Victor Alcântara Oliveira, de 16 anos, e Daiane Mesquita, de 17, internados em estado grave no hospital municipal Miguel Couto, na Gávea, na zona sul do Rio.

 

Os promotores da festa, a dona do parque e o funcionário responsável pelo brinquedo já foram ouvidos.Hoje à tarde, a polícia vai colher o depoimento das vítimas que sofreram ferimentos leves. O laudo com as causas do acidente deve ficar pronto nos próximos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.