Polícia realiza perícia para esclarecer incêndio em SC

A perícia técnica no local do incêndio criminoso que destruiu na tarde de quinta-feira, 26, o supermercado Rosa, na praia de Ingleses, em Florianópolis, será feita nesta sexta-feira, 27. O procedimento irá elucidar detalhes da ocorrência e das condições de segurança da estabelecimento. No incêndio, trinta pessoas ficaram feridas, sendo quatro em estado grave, além da morte do causador do atentado. De acordo com testemunhas, Leandro Pacífico de Souza, de 19 anos, seria funcionário do supermercado e teria decidido destruir o estabelecimento comercial como represália por ter sido dispensado. Até a noite de quinta, a empresa não confirmava nem desmentia esta informação. Leandro invadiu o estabelecimento comercial pouco depois das 14 horas, armado com um revólver calibre 38. Enquanto ameaçava funcionários e clientes, ele pôs fogo na seção de álcool e produtos inflamáveis, provocando explosões que imediatamente tomaram conta da loja. O corpo de Leandro foi encontrado carbonizado, e ainda não se sabe se ele morreu em conseqüência das queimaduras ou se teria antes se suicidado com a arma, que foi achada ao lado dele.

Agencia Estado,

27 Abril 2007 | 09h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.