Polícia registra 45 mortes nas estradas do País no feriado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 1.012 acidentes, com 573 feridos e 45 mortes durante o feriado da Independência, no período entre a zero hora de quarta-feira, 6, e meia-noite de sexta-feira, 8, quando foi encerrada a operação montada nas estradas federais pela PRF. O Estado com o maior índice de acidentes foi Minas Gerais, com 173 ocorrências.Na seqüência vem São Paulo com 109 acidentes, Santa Catarina, com 107, Rio de Janeiro, com 87 e Rio Grande do Sul, com 85. Não há como estabelecer comparativo do número de acidentes em relação ao feriado do ano passado, uma vez que em 2005, o sete de setembro caiu numa quarta-feira e, portanto, não houve fim de semana prolongado.Via DutraDuas pessoas morreram e 90 ficaram feridas em 129 acidentes durante o feriado prolongado da Independência na Rodovia Presidente Dutra, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira, 11, pela NovaDutra, concessionária que administra a rodovia. Os números referem-se ao período compreendido entre a zero hora de quarta-feira, 06, e a meia-noite de domingo, 10.Rodovias Paulistas No sistema Anchieta-Imigrantes, o movimento foi intenso durante o feriado prolongado de 7 de setembro. Segundo balanço divulgado nesta segunda-feira, 11, pela concessionária Ecovias, mais de 293 mil veículos passaram pelo sistema em direção às praias da Baixada Santista da meia-noite de quarta-feira, 6, quando teve início a contagem do feriado, às 24 horas deste domingo, 10. Nesses cinco dias, não houve nenhuma morte nas estradas. Dos 128 acidentes registrados pela concessionária, 54 foram com vítimas e 74 sem vítimas. Dentre elas, seis foram encaminhadas a hospitais em estado grave e 78 pessoas tiveram apenas ferimentos leves.Nas rodovias que ligam São Paulo ao interior do Estado, três pessoas morreram neste feriado prolongado, segundo balanço divulgado nesta segunda pela AutoBan e Viaoeste.No Sistema Castelo Branco-Raposo Tavares, foram registrados 28 acidentes, resultando em 24 feridos e 2 mortes entre a zero hora de quarta-feira e a meia-noite de domingo, e cerca de 403 mil veículos passaram pelas duas rodovias, número 1% acima da previsão da ViaOeste, que havia estimado a passagem de 400 mil. Já no sistema Anhangüera-Bandeirantes, foram registrados durante o feriado 49 acidentes, com 22 feridos e uma morte. De acordo com a Autoban, 613 mil veículos passaram pelas rodovias, 8% acima da previsão da concessionária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.