Polícia Rodoviária proíbe romaria de motos até Aparecida

A Polícia Rodoviária Federal em São Paulo informou hoje que a Motorromaria prevista para o próximo domingo, dia 18, não foi autorizada. De acordo com a Polícia Rodoviária, a Motorromaria de São Paulo a Aparecida, é um evento de grandes proporções que pertuba o trânsito, atentando contra a segurança dos usuários e dos próprios motociclistas, com histórico de ter dado causa a muitos acidentes, inclusive com vítima fatal.A exemplo do que aconteceu no ano de 2001, este evento não foi autorizado nas rodovias federais do Estado de São Paulo, inclusive com liminar deferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo cancelando a organização do evento.Caso haja insistência na realização do evento, os motociclistas estarão sujeitos as seguintes penas: multa de aproximadamente R$ 954,00; Suspensão do direito de dirigir por até um ano, com retenção da CNH; Indiciamento que poderá ser feito pela Polícia Federal, por crime de desobediência e perturbação da ordem pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.