Polícia salva três homens de execução

Policiais militares prenderam ontem à noite dois bandidos que preparavam-se para entregar uma perua roubada para um receptador e, em seguida, matar três vítimas do assalto, na zona leste de São Paulo. A polícia ficou sabendo do crime pelo primo do Por volta das 21 horas, Daniel Aldrique de Oliveira, 18, e Antonio Paulo Sampaio, 19, armados com um revólver calibre 38, entraram em uma Sprinter branca em Artur Alvim, na zona leste. Dentro do furgão, que fazia a linha Metrô Artur Alvim - Shopping Aricanduva, estavam o motorista Luclécio Ribeiro Máximo, 35, o cobrador, E.R.S, de 14, e um passageiro, Almir Rogério de Souza, 26.Os dois assaltantes anunciaram o assalto, mandaram o motorista ir para os fundos do carro e disseram que iriam até uma rua próxima ao Cemitério do Parque do Carmo, onde entregariam a Sprinter a um receptador e executariam as vítimas.Sem ser notado, Luclécio ligou, via celular, para seu primo, e explicou o que estava ocorrendo. O primo localizou a Sprinter, começou a segui-la e ao mesmo tempo foi passando as informações para a polícia.Na Avenida Francisco Munhoz Filho, perto do Parque do Carmo, os soldados Gatti, Pimentel e Halmmonde, já cientes do roubo em andamento, cercaram a Sprinter e detiveram os dois assaltantes.Olveira e Sampaio, que até então não tinham passagem pela polícia, não quiseram dizer aos policiais quem é o receptador, mas garantiram que estavam dispostos a matar as três vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.