Polícia suspeita de vingança na morte de pai e filho na BA

Policiais da Delegacia de Camacã (BA), 510 quilômetros ao sul de Salvador, trabalham com a hipótese de vingança para tentar esclarecer os assassinatos do auxiliar de serviços gerais Clerisval Santos, de 34 anos, e de seu filho Wellington de Jesus Santos, de 4 meses. Eles foram mortos na noite de terça-feira, na casa em que moravam, nas margens da BR-101, a cerca de dez quilômetros da sede do município.A mulher de Santos e mãe do bebê, Carla Jesus dos Santos, também foi atingida no ataque, com seis tiros, e está internada em estado grave no Hospital de Base. Os dois outros filhos do casal não foram feridos.De acordo com testemunhas, os autores dos disparos foram dois homens, ainda não reconhecidos, que já chegaram à casa atirando. Segundo informações policiais, Santos, que trabalhava ultimamente como agricultor, respondia a processo por tráfico de drogas.Os agentes também informaram que vizinhos ouvidos pela polícia contaram ter havido uma grande discussão na casa, no fim de semana, entre Santos e supostos assaltantes em fuga, que estariam buscando abrigo.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2007 | 21h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.