Polícia teria encontrado o Santana do seqüestro

O Santana preto que, segundo testemunhas, participou do seqüestro do prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel (PT), teria sido encontrado hoje, abandonado em uma das marginais de São Paulo, segundo fontes da Polícia Civil.Até as 16 horas, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, único órgão autorizado a divulgar informações sobre as investigações do seqüestro, tentava confirmar o encontro do automóvel, a partir da checagem de boletins de ocorrência nos distritos policiais."Por enquanto não há nenhuma notícia oficial de que o veículo foi encontrado, mas existe a possibilidade de que o boletim de ocorrência do encontro do automóvel ainda não tenha chegado aos distritos policiais", informou, no meio da tarde, a assessoria.Duas testemunhas, uma que passeava com seu cachorro na rua onde o ocorreu o seqüestro e outra que viu o momento em que os seqüestradores cercaram o carro onde o prefeito se encontrava, anotaram a placa do Santana preto que deu cobertura à perua Blazer dos seqüestradores. O dono do Santana, já identificado pela polícia, revelou que havia deixado o carro estacionado na zona leste, e que o veículo foi roubado no dia anterior ao crime.O depoimento das testemunhas e do dono do automóvel colocou por terra a hipótese, levantada pelo delegado Romeu Tuma Júnior, de Taboão da Serra, de que um Santana encontrado na casa de Cleysson Gomes de Souza, que alugou o helicópetero usado no resgate de presos do presídio de Guarulhos, teria participado do seqüestro do prefeito.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2002 | 17h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.