Polícia vê conexão com guerrilha colombiana

A polícia trabalha com a hipótese de que o seqüestro do publicitário Washington Olivetto tenha sido uma ação para financiar a guerrilha colombiana com os US$ 10 milhõres pedidos de resgate. Mas a também considera possível um crime comum cometido por ex-militantes da esquerda armada.A polícia informou, com base nas declarações dos detidos, que o grupo tem ligações com os seqüestradores do empresário Abílio Diniz.Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.