Policiais apreendem 23 kg de crack e 17 kg de cocaína em chácara

Agentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de São Carlos e Sertãozinho, além de policiais civis de Pitangueiras, apreenderam 23 quilos de crack e 17 quilos de cocaína numa chácara do bairro Aracê de Santo Antônio, em São Carlos. No local, cinco pessoas, sendo duas mulheres, foram detidas. Duas foram liberadas e serão investigadas se integram ou não a quadrilha. Outros dois homens fugiram após troca de tiros com os policiais.A investigação da quadrilha começou há oito meses em Pitangueiras. Ontem, após um cerco, Milton Alves Muniz, de 29 anos, foi detido dirigindo um Uno branco ao sair da chácara. Sob as proteções das portas foram encontrados 23 quilos de crack, que seriam distribuídos na região. Em seguida, num Omega vermelho, Luciano Ribeiro e Marcelino Augusto da Silva trocaram tiros com a polícia e conseguiram fugir.Na casa da chácara, Maria Cristina da Silva, de 29 anos, e Elisvânia Marques Barroso, de 20, namoradas de Luciano e Marcelino, foram detidas em flagrante. Num cômodo sem piso foram encontrados enterrados 2 quilos de cocaína (cercados com graxa para evitar que os cães farrejassem), além de balança e outros equipamentos usados para refinar a droga. Pouco depois, os irmãos Paschoal Ribeiro, de 29 anos, e José Pedro Ribeiro, de 38, que moram em Ribeirão Preto, chegaram para encontrar o primo Luciano e foram detidos para averiguação. Eles foram liberados hoje de manhã.Segundo o delegado da Dise de Sertãozinho, Emerson Messias Santos, o líder da quadrilha, seria um fugitivo da Cadeia de Araraquara. Hoje de manhã, num laranjal, foram encontrados mais 15 quilos de cocaína. Cerca de 30 policiais participaram dessa operação. A droga deve ser da Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.