Policiais bloqueiam via no centro de Salvador durante passeata

Manifestação provocou trânsito na Avenida Paralela; homicídios chegam a 135 desde o início da greve

Diego Zanchetta, enviado especial de O Estado de S.Paulo, atualizado às 19h44

08 Fevereiro 2012 | 19h19

SALVADOR - Cerca de 50 policiais militares bloquearam por volta das 18h30 parte da Avenida Paralela, uma das principais de Salvador e que serve de acesso ao Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães.

A Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador informou que o grupo contou com o apoio de carros e motos que estavam próximos ao Posto 2, no sentido do centro histórico.

O trânsito na região ficou lento, segundo o órgão de trânsito da prefeitura. Por volta das 19h20, o grupo começava a se dispersar.

Homicídios. O número de assassinatos na região metropolitana de Salvador aumentaram 145% desde o início da greve dos PMs, em comparação com a semana anterior. São 135 mortes do dia 1º à tarde desta quarta-feira, enquanto do dia 25 a 31 de janeiro foram registradas 55 mortes.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia, o secretário da pasta, Maurício Barbosa, não comentaria os dados. Só entre a madrugada e a tarde de ontem foram seis novos assassinatos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.