Policiais civis realizam protesto

Cerca de 50 carros da Polícia Civil de São Paulo realizam uma carreata, seguindo um cortejo fúnebre, em protesto por causa da morte do delegado Oscar Tadeu Castro de Matos, baleado no último dia 31, na Rodovia Presidente Dutra, ao trocar tiros com uma quadrilha que roubava cargas. Oscar Tadeu não resistiu e morreu ontem no Hospital Carlos Chagas, em Guarulhos. O protesto, que atravessou várias avenidas da cidade, provocou congestionamento e segue para a Vila Alpina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.