Policiais de UPP são alvo de tiros em morro do Rio

Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora, nenhum PM foi ferido e ninguém foi preso

Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

15 de novembro de 2013 | 10h18

RIO - Oito policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do complexo de São Carlos, na zona norte do Rio, foram surpreendidos por disparos feitos por traficantes na madrugada desta sexta-feira, 15. O grupo patrulhava o Morro da Mineira por volta da 1h e precisou pedir reforço de policiais das UPPs do Fallet, Turano e Mangueira, na zona norte, além de policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Na ação, os policiais acharam um fuzil AK 47 com 30 munições intactas e cápsulas deflagradas de fuzil 762 e de pistola nove milímetros, além de 150 munições intactas de fuzil 762 em uma casa desocupada. Segundo o comando das UPPs, havia rastros de sangue na casa, mas nenhum PM foi ferido e ninguém foi preso. Os materiais apreendidos foram levados para a 6ª Delegacia de Polícia (Cidade Nova).

Tudo o que sabemos sobre:
UPPRio de Janeiroviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.