Policiais do caso Mascarenhas serão expulsos da corporação

Eles são acusados de cobrar R$ 10 mil para liberar Rafael Bussamra, que em julho deste ano atropelou o filho da atriz Cissa Guimarães em um túnel na Gávea, no Rio

Pedro da Rocha, estadão.com.br

05 Outubro 2010 | 19h16

SÃO PAULO - O cabo da Polícia Militar (PM) Marcelo Bigon e o sargento Marcelo Leal de Souza Martin serão expulsos da corporação, informou o Coronel da PM Lima Castro. Eles são acusados de cobrar R$ 10 mil para liberar o motorista Rafael Bussamra, que atropelou o músico Rafael Mascarenhas, filho da atriz Cissa Guimarães, no dia 20 de julho, no Túnel Acústico, na Gávea, zona sul da cidade.

 

O despacho para o conselho de disciplina foi enviado na tarde de hoje, 5, e deve ser publicado no Diário Oficial amanhã, 6. A expulsão é decorrente de processo na Justiça Militar do Rio de Janeiro contra os policiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.