Policiais do Gate invadem imóvel onde 3 reféns passaram mais de 12 horas em BH

Reféns foram liberados sem ferimentos, de acordo com coronel do Gate

estadão.com.br

05 Junho 2012 | 07h26

São Paulo, 5 - Policiais do Grupo de ações táticas especiais (Gate), da Polícia Militar de Minas Gerais, invadiram por volta das 7h desta terça-feira, 5, o apartamento onde bandidos fizeram, no final da noite de ontem e ao longo da madrugada,  reféns, em Belo Horizonte.  As três vítimas que ainda estavam no apartamento - um casal e uma babá - foram liberadas sem ferimentos, de acordo com o coronel do Gate Marcelo Wladimir Correia, responsável pela ação.

Os bandidos invadiram o apartamento por volta das 18h30 desta segunda-feira, 4, mantendo o casal, uma mulher e duas meninas, de 2 e 4 anos, filhas do casal, reféns. As crianças foram liberadas durante a madrugada, segundo a PM.

Em entrevista ao 1° Jornal, da Band, o coronel do Gate afirmou que quatro homens e uma mulher participaram do sequestro.

No andar superior, policiais do Gate monitoram apartamento em que estavam sequestradores e vítimas. Os criminosos usaram um lençol para tapar a visão da residência. Foto: Toninho Almada/Hoje em Dia

Mais conteúdo sobre:
sequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.