Policiais patrulham Sorocaba de bicicleta

No lugar da farda padrão e das viaturas, policiais militares estão vestindo um conjunto de bermudas e camiseta, e usando bicicletas para patrulhar o centro de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo. O novo policiamento começou a operar hoje com duas duplas, cada uma integrada também por uma policial feminina. As bicicletas, de 21 marchas, com o símbolo da PM, foram doadas pela Associação Comercial e Industrial. Para servirem ao policiamento, elas tiveram o quadro e o aro de alumínio reforçados. Também ganharam equipamentos como sirenes, rádio, suporte para bolsa, bomba de encher pneus e garrafa térmica. Os policiais usam capacetes de ciclistas e, apesar da informalidade do novo fardamento, não dispensaram as armas e algemas. "Eles atuarão em pares, no policiamento preventivo e ostensivo", disse o comandante da 3ª Companhia da PM, capitão Aldemar Belotti. O objetivo, segundo ele, é coibir principalmente os furtos e roubos na região central, onde ficam os bancos e grande parte do comércio. São registradas quatro ou cinco dessas ocorrências por dia, na região. Nas primeiras horas de trabalho, os policiais chamaram a atenção dos moradores. "Eles ficaram mais simpáticos com essa roupa", disse a estudante Luciane Elen Rosino. "Espero que tenham pique para perseguir os ladrões que infestam o centro", disse o taxista Pedro Ferraz. Os policiais têm aulas de condicionamento físico para manter a forma. Para o presidente da Associação Comercial, as bicicletas darão mais velocidade aos policiais. "Eles vão se locomover com rapidez nos engarrafamentos e podem entrar nos calçadões, o que não seria possível com motos."

Agencia Estado,

05 de setembro de 2001 | 16h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.